Portal de cultura e política que objetiva contribuir com a análise da realidade social e o pensamento crítico.

Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra

Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha

Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra

Desde 1992, 25 de julho se transformou em um marco internacional da luta e da resistência da mulher negra – data criada a partir do primeiro Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas, em Santo Domingo, República Dominicana. Em 2014, a Lei 12.987 instituiu no Brasil a mesma data como o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra, para dar visibilidade às situações de desigualdade racial e de gênero, ao mesmo tempo em que viabiliza o fortalecimento das muitas lutas das mulheres negras – seja contra o racismo, o sexismo, a discriminação de classe, o preconceito ou mobilizando ações que fortalecem e resgatam organizações e grupos de resistência.

TEREZA DE BENGUELA | Símbolo de liderança, força e luta pela liberdade!

Tereza de Benguela é um ícone da resistência negra no Brasil Colonial. Viveu no Vale do Guaporé onde hoje é o estado de Mato Grosso, Brasil, durante o século XVIII e foi a principal liderança política, econômica e administrativa do Quilombo do Quariterê nos arredores de Vila Bela da Santíssima Trindade, o maior quilombo da região. Abrigando mais de 100 pessoas, principalmente negros e indígenas, e crescendo militar e economicamente, o quilombo resistiu à escravidão por duas décadas, sobrevivendo até 1770, quando o quilombo foi destruído pelas forças do estado e a população, morta ou aprisionada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 pensamentos em “Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra”